top of page

Mane Mob Group

Public·38 members
Isaac Hill
Isaac Hill

Hoje Eu Choro Puto Portugues



Não sejas mal criado se foste bem criadoAclara na rua para te aclarar um bocadoTu cala a boca e escuta, o meu nome está marcadoSe a vida é uma put* eu exploro esse mercadoChoro dentro do meu quarto, dizem que a coisa está feiaTu não partes um prato, eu parto a loiça inteiraA minha vida é grandes raias, não caias na mesma asneiraSe trabalho na minha praia, não é trabalho é brincadeiraQuerem viver a minha vida, ser a minha pessoaDois projectos na batida, a carreira até está boaQuatro cantos fez faísca e brother fiz-me há estradaDiziam puto risca e acredita que eu riscavaPus o meu nome na lista, só tenho 23 com 10 de vida artísticaA fugir do xadrez e agora é que sou artistaEstá limpo, desde de cedo que estou na pistaNa pista cá vou indo, desde puto que sou artistaA rua era o meu circo, vi tanto com nariz na linhaQue hoje é com linhas que eu vivoEu acredito em mim, tu acreditas no quê?Sim, sou piruka mc venho da linda linha cHá quem diga ainda o vez e há quem diga nunca o viNão ligas ao português boy inglês não é pra mimO mesmo do início ao fim, mesmo dread, o mesmo esquemaOuvir muito e falar pouco, a conversa é sempre a mesma




Hoje Eu Choro Puto Portugues



Mas foi seguramente no seu meio que começaram a dizer isso.Claro. É sempre. Quando o Alfredo Marceneiro começou a cantar o fado, há jornais da época que diziam que "apareceu agora um jovem cançonetista, Alfredo Duarte Marceneiro". Não é preciso dizer mais nada, pois não? [risos] Se houve alguém que não foi cançonetista foi o Alfredo Marceneiro. No meu espetáculo de despedida no Coliseu dos Recreios, no ano passado, a produção fez uma coisa muito bonita e surpreendeu-me, porque passou de repente uma série de depoimentos com malta muito gira, até o Mourinho. Fiquei muito sensibilizado. As pessoas bateram muitas palmas. Eu estava de costas para o público e não sabia que o Centeno estava lá. E então fiz o seguinte. Quando chegamos ao Porto eles cantam mais alto e mais forte. Em Lisboa a malta é mais soft a cantar. No Coliseu estavam a cantar-me a Canoa amortecida. Eu parei e disse assim: "Como vocês sabem, o professor Centeno vai dentro de pouco tempo preparar o novo Orçamento. Como calculam, eu não sei nada do novo Orçamento. Mas há uma coisa que eu posso afirmar e que ele não me vai desmentir. Vocês não estão a cantar, não estão a aproveitar uma situação lindíssima. É que se vocês cantarem, não pagam nada por isso, eu é que pago porque sou profissional." E depois vê-se a cara dele na televisão e parecia um puto. Mas voltei a meter-me com ele. Agradeci muito. Estava quase a cair-me a lagriminha. "Bom, esta é a lista boa. E eu tenho uma lista grandinha que não é boa, onde me chamam muitos nomes, por exemplo mãe do árbitro. Esta expressão não é minha. É do professor Centeno, que hoje está na baila. Ele disse uma vez na televisão que estava habituado. Sou a mãe do árbitro [risos]."


"Parece que isto é discussão na Internet porque há quem diga que o casal não devia ter mudado de lugar e devia ter aguentado o choro do puto... Malta, isto para mim é muito simples", começa por dizer.


Cara, se quiser chorar, é o Fluminense. Pra me fazer chorar fácil, é o Fluminense. Mas é engraçado, eu não choro pelo Fluminense de tristeza, assim, eu nunca chorei em nenhum rebaixamento, nem chorei quando o Fluminense perdeu a Libertadores, em nenhum momento, nem depois, assim. E vou, que o Fluminense perdeu a Libertadores, eu comecei a ter, eu tive problema de insônia mesmo, eu... até hoje eu durmo mal. E eu comecei a ter problema de insônia depois que perdeu a Libertadores. Mas eu nunca chorei por derrota. E, mas eu choro quando o Fluminense ganha e... quando é campeão, eu choro. Fluminense, qualquer título do Fluminense, eu vou chorar que nem uma criança, entendeu? E... sei lá, certos vídeos, eu choro... (...) É nesse nível a coisa, entendeu? Me emociono mesmo.


About

Welcome to the group! You can connect with other members, ge...

Members

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
bottom of page